Como lidar com a culpa e o seu emagrecimento

Emagrecer não é uma tarefa das mais fáceis, já que diversas coisas do nosso dia a dia precisam ser modificadas para atender a essa nova realidade, desde a nossa alimentação até dedicar um horário exclusivamente para fazer exercícios físicos.

A grande maioria das pessoas – se não todas– em algum momento da jornada de eliminação de peso, seja por qual motivo for, vai jogar a dieta para o alto sem nem pensar duas vezes e acabar comendo de maneira exagerada alguma guloseima ou alimento gorduroso que não deveria, causando posteriormente sentimentos de arrependimento e culpa.

Você provavelmente está aqui hoje porque está passando, ou já passou, por uma situação parecida com essa, não é mesmo?  Você deseja saber como lidar com a culpa que acompanha esse comportamento de deixar o emagrecimento de lado? Continue acompanhando o texto e entenda o porquê disso acontecer, além de receber algumas dicas práticas para não apenas lidar com a culpa, mas também evitar que episódios assim aconteçam novamente.

“Cometi um deslize na minha dieta? E agora, o que eu faço?”

Esta é uma pergunta muito comum que surge na cabeça das pessoas que exageraram um pouco na comida, então não pense que está sozinho.

O primeiro passo é não entrar em pânico. O mundo não vai acabar por causa de um deslize, ok? Pode não ser fácil lidar com essa culpa, mas se torturar constantemente não resolverá seus problemas, vai apenas piorá-los. Se o sentimento de remorso acabar ultrapassando sua vontade de eliminar peso, as chances de você engordar novamente e abandonar sua vida saudável são grandes.

Para abandonar esse comportamento, é necessário entender o motivo de ele acontecer. A grande maioria das pessoas, infelizmente, utiliza a comida como compensação para algum sentimento ou situação, sejam positivos ou negativos, então situações assim são mais comuns do que você pode imaginar.

Situações assim podem acontecer com mais frequência se você faz uma dieta muito restritiva e que não atenda às suas necessidades nutricionais diárias. Além disso, a culpa pode te fazer entrar em um loop de comilança, ou seja, quanto mais você se sente culpado, mais vontade de comer você sente.

Essa culpa pode ser evitada se você passar a se policiar para que casos assim não ocorram mais. Para te dar uma força extra, preparamos dez dicas exclusivas que lhe ajudarão a lidar com essa emoção ruim da melhor maneira possível.

10 dicas para lidar com a culpa pós-deslize de dieta

1.      Não se torture por ter saído da dieta

É importante reforçar que você não deve se martirizar caso tenha comido um bombom – ou até mesmo dez. Esse sentimento negativo não trará nada de bom para a sua vida. Todas as vezes que algo assim acontecer, tente encontrar soluções, ou seja, o que você pode fazer para que esse sentimento vá embora.

2.      Utilize essa culpa a seu favor

A culpa pode ser um ótimo combustível para te manter na linha. Quando você enfiar o pé na jaca novamente, imagine o porquê você está fazendo isso e quais os que sentimentos antecedem esse comportamento, como gatilhos. Depois reflita sobre os motivos pelos quais você decidiu ter uma vida saudável e qual impacto isso terá futuramente.

3.      Pare de justificar seus deslizes

Quando alguém não consegue emagrecer, já é de se esperar que crie desculpas para justificar suas escapadas da dieta. Se você fizer esse tipo de coisa, pare agora! Esses pretextos furados apenas te deixarão mais longe do seu objetivo.

4.      Faça um cardápio variado e nutritivo

Para evitar que você coma algo que possa se arrepender, crie um cardápio com diversos alimentos e receitas diferentes para agradar seu paladar. Não é porque você está comendo de maneira saudável que deve ser uma experiência ruim. Também deixe de pensar nos alimentos que não pode comer e foque na diversidade de alimentos saudáveis e deliciosos que existem à sua disposição.

5.      Compense a culpa fazendo exercícios físicos

Em vez de compensar esse sentimento de culpa comendo mais, opte por realizar mais exercícios físicos. Seja uma atividade diferenciada ou aumentar um pouquinho o tempo diário de treino, o importante é eliminar as calorias do que você ingeriu.

6.      Estabeleça metas realistas

Criar um objetivo impossível de alcançar também é uma desculpa para se autosabotar. Tenha como meta algo que você possa conquistar de verdade, por mais que não atenda os seus desejos no momento. A jornada do emagrecimento é longa, então pare de pensar que conseguirá emagrecer da noite para o dia.

7.      Evite ter besteiras estocadas

Seja nos armários de casa, na sua bolsa e mochila ou até mesmo nas gavetas do seu serviço, evite guardar alimentos que possam fazer você desejar cometer “só mais um” deslize. Apenas a ideia de possuir a guloseima guardada em algum lugar aumenta a sua vontade de comer.

8.      Não se restrinja muito

Se você privar muito sua alimentação, pode ser que a trajetória de sua eliminação de peso não seja muito longa. Ao contrário de pensar que não pode comer sua comida ou doce favorito e ponto final, estabeleça que você pode comê-los raramente, apenas basta você compensar depois, combinado? Maturidade é fundamental na conquista do seu corpo saudável.

9.      Estabeleça horários para comer

Criar horários fixos para fazer suas refeições evita que você sinta fome por muito tempo e acabe exagerando na próxima vez em que for comer. O ideal é comer a cada três horas, ou seja, você deve fazer lanches leves e saudáveis entre cada refeição principal.

10.  Procure ajuda profissional

Caso a sua compulsão alimentar estiver além de seu controle, você deve procurar algum profissional que possa te auxiliar a eliminar peso de maneira saudável. O ideal é encontrar um coach de emagrecimento, já que ele entenderá quais são seus pensamentos sabotadores e te dará as ferramentas necessárias para combater esse mal.

O que você acha sobre esse sentimento de culpa que acontece depois de sair da dieta? Como você lida com essa emoção tão conturbada? Você acha que consegue resolver esse problema depois das dicas acima? Compartilhe sua opinião abaixo nos comentários e continue acompanhando o blog, sempre trazendo orientações de como eliminar peso de maneira saudável e efetiva!

Leave a comment